Trabalho de Pet Sitter

O trabalho de pet sitter está se popularizando no Brasil e com isso, muitos amantes de animais tem vontade de entrar nesse mercado. Mas será que esse é o meio para você? Para te ajudar, coloquei alguns pontos que devem ser considerados.



Prós:


•  Não tem chefe - Seu cliente é seu chefe. É possível negociar.
•  Não tem rotina - Um dia na residência de um cliente, outro dia em outro.
•  Você faz o seu horário - Apenas se o cliente não pedir que faça a visita em um determinado horário.
•  Satisfação - Trabalhar com animais e ver seus tutores contentes.

Contra:


•  Investimento - Se você não tiver verba para publicidade, não será fácil conseguir clientes.
•  Não tem benefícios - Plano de saúde, vale transporte, INSS, etc.
•  Não pode faltar - Mesmo por motivos como doença, perda de parente, etc.
•  Sem folga - Precisa trabalhar sábados, domingos, feriados e férias. Nada de viajar ou curtir a família no Natal e Réveillon.
•  Salário não é fixo - Um mês você pode ganhar muito, em outro pouco, em outro nada.


O que foi citado acima é para quem é autônomo. Apenas na cidade de São Paulo existe empresa que contrata pet sitters e apenas lá tem um curso para isso.

Quanto cobrar, vai depender se você é veterinário/biólogo, se o local que você mora é humilde ou não, se o cliente mora muito longe, quantos animais ele tem, entre outros.

Você cresce aos pouquinhos como em qualquer profissão. Então não aconselho largar seu emprego logo no início para ficar apenas como pet sitter (cat sitter ou dog sitter).

Qualquer dúvida, poste nos comentários.

Categoria(s):

Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...